Como escrever letras de músicas – inspiração 13


Para saber como escrever letras de músicas, é preciso primeiro compreender algumas coisas. A primeira: não é fácil nem difícil. É diferente.

Muitos pensam que escrever uma letra de música é algo do outro mundo. Só gênios conseguem. Pessoas com “inspiração”. Pessoas especiais, privilegiadas e assim por diante.

A inspiração existe, claro. Mas não é algo reservado a uns poucos privilegiados. O problema é você ( ou eu) não saber o que é inspiração. em primeiro lugar, inspiração não vem à toa. Por acaso. Se assim fosse, os tais “privilegiados” ficariam doidos. Já pensou… o cara tá lá fazendo sei lá o que e lá vem a “inspiração” perturbar o juízo do pobre…

A verdade é que a inspiração deve ser buscada.

Artigo de interesse: Como compor uma música

Eu, por exemplo, quando estou querendo fazer, ou já fazendo uma música, fico pensando no tema. Mesmo que não esteja especificamente trabalhando na música. Estou lá, por exemplo, regando as plantas e pensando. Na música. No tema. Vem uma frase à cabeça… não, essa não serve. Vem outra. Também não. As plantas já estão afogadas em água e… nada. Deixa pra lá…

Ou então estou no trânsito. Desligo o rádio e fico pensando…

Ou de repente vejo, ouço alguma coisa que acende a luzinha lá dentro. Volto a pensar na música.

Em algum momento, a malvada vem. A inspiração. A frase que faltava. É isso! Corro pra escrever num papelzinho, gravar no celular, antes que se vá…

Isto é a inspiração. Ela é provocada. Pela sua mente. Pelo tema da música que você quer fazer. Aliás é uma das – digamos assim – modalidades da inspiração.

A inspiração para uma música que você não esteja pensando em fazer pode aparecer de repente. Esta sim, não é provocada. Simplesmente acontece. Por exemplo…

Um amigo seu vem todo choroso, macambúzio sorocumbático, dizendo que a namorada deu lhe uma bica. Mandou o coitado passear. Foi-se embora com outro. O sujeito tá ferrado. O grande amor da vida dele se foi. O que você faz? Como amigo, escuta e dá aquele tapinha nas costas do cor… quer dizer, do amigo. Diz umas palavrinhas de consolo, coisa e tal. Já na qualidade de compositor, você vai guardando lá no fundinho do cérebro alguns detalhes. Que serão usados na próxima música.

Aí sim. Houve um primeiro momento, uma situação que criou uma espécie de inspiração. O resto vai ser provocado no processo de criação da música.

Saiba mais sobre  inspiração no manual Técnicas para compor música

Existem pessoas que tem mais inspiração?

Sim, é claro. Mas mesmo que você não seja tão “inspirado”, pode treinar seu cérebro para ser mais criativo. No início talvez não seja tão fácil. O importante é não desistir. Se você desiste logo de cara, jamais vai saber se é capaz de fazer algo ou não.

Pense um pouco… você acha que compositores famosos jamais fizeram letras de música ruins? Eu respondo… Fizeram sim. E fazem a toda hora, tenho certeza. Nem sempre se está no momento certo. E muitas vezes uma frase, um tema que parecia promissor… não é.

Por isso, tenha em mente… para saber como fazer letras de músicas, não é preciso ter nascido “privilegiado”. É preciso estudar e praticar. E mais… nunca se “apaixone” por uma só música, uma só letra. Fez uma? Ótimo… parta para a próxima.

 

 


Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

13 thoughts on “Como escrever letras de músicas – inspiração